sábado, 16 de abril de 2005

Redux

Há uma década, a Caminho publicou aquele que é certamente o maior romance de ficção científica já escrito em Portugal, com a vantagem de ser por muita gente considerado também o melhor. Terrarium, assim se chamam as 600 páginas que constroem a coisa. Quanto às cabeças por trás das palavras, têm os nomes de João Barreiros e Luís Filipe Silva. Leiam, que é bom.

Há 10 anos, não havia blogues. Mas como agora há, e um dos autores já anda metido nisto há quase dois anos, apareceu há dias uma novidade que tem grande promessa: a de um blog dedicado a ir publicando uma versão actualizada e livre de condicionamentos editoriais do Terrarium. A tarefa é gigantesca, mas aqui a Lâmpada faz figas que os autores a levem até ao fim.

Ah, sim... é no Terrarium Redux, mesmo aqui ao lado.

Sem comentários:

Enviar um comentário