terça-feira, 31 de maio de 2005

Anatomia capariquenha

Hoje, ao folhear um jornal num momento de tédio, o meu olhar sonolento foi despertado por um nome que me pareceu bizarro, num pequeno mapa da área da Caparica: Costas de Cão. Que terá dado aos habitantes da extremidade noroeste da península de Setúbal, pensei eu com um sorriso a nascer nos cantos da boca, para darem um nome destes a uma terra?

Mas depois reparei nos outros nomes que por ali há: Covas, Pêra do Meio, Barriga, Vale Fetal...

Parece que alguém andou por ali a espalhar peças de uma qualquer quimera grávida.

Sem comentários:

Enviar um comentário