quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Instantâneos do quotidiano, X

Ser obrigado a ouvir, através de duas portas fechadas, a voz do José Carlos Malato.

Sem comentários:

Enviar um comentário