domingo, 22 de outubro de 2006

Homo vomitus

Os monstros continuam a mostrar os seus rostos cheios de pústulas. De um lado, Israel admitiu por fim algo que já toda a gente sabia (excepto os cegos selectivos, naturalmente): o uso de armas químicas contra o Líbano. Se é o Saddam a usá-las é mau; se é Israel é bom, parece. Do outro, um ministro do Hamas chamou a Israel um "cancro". Supõe-se que deseje operá-lo, à semelhança do chefe de estado-maior israelita que usou a mesmíssima terminologia, há meses, referindo-se, claro, aos palestinianos.

Ainda restará algum homem naquela terra? Ou foram todos substituídos por animais?

Sem comentários:

Enviar um comentário