domingo, 14 de janeiro de 2007

Fundamentalistas

Quando vos disseram que em Portugal não há fundamentalistas, apontem para os pró-prisão. Nem é preciso dizer nada: basta apontar.

Sem comentários:

Enviar um comentário