domingo, 12 de agosto de 2007

Os ficheiros .QME

Já ouviram falar?

É um tipo de ficheiro que, descubro agora, me foi enxameando sorrateiramente o disco rígido ao longo dos últimos anos. Bem, na verdade parece ser praga que vem de mais longe do que isso, pelo menos desde que arranjei pela primeira vez um PC, já há aí uns 15 anos. De então para cá, foram-se instalando, multiplicando, e hoje são milhares.

Curiosamente, só agora dei por eles. Isto porque das outras vezes que troquei de máquina optei pela abordagem fácil, copiando os discos integralmente, enquanto ruminava vagas ideias sobre fazer a selecção e a arrumação mais tarde. E claro que não fiz. Obviamente. Tomam-me por quem? Algum xoninhas?

E assim, os ficheiros .QME continuaram a disseminar-se por todo o lado sem serem incomodados.

Mas agora armei-me em xoninhas. Achei que já bastava de entropia e que (até porque era frequente tentar encontrar qualquer coisa e não dar com ela por a confusão ser tanta) era agora que ia arrumar tudo como deve ser, cada coisa no seu devido lugar.

E foi assim que dei com eles, os milhares de ficheiros .QME. Acho que vai levar meses até que me veja livre da praga. Mesmo depois de razoavelmente completa a transição do computador velho para o novo, muito depois dessa transição estar oficialmente concluída, ainda hei-de passar montes de tempo perdido nas catacumbas das duas máquinas, a abrir ficheiro atrás de ficheiro e a pensar com os meus botões:

--- Que Merda é Esta?

E o pior é que suspeito que haverá alguns para os quais não encontrarei resposta. Ficheiros .QME que assim permanecerão durante o resto da sua vida electrónica.

Sem comentários:

Enviar um comentário