quinta-feira, 13 de setembro de 2007

A gabarolice

Digo ou não digo? Digo ou não digo? Dizer ou não dizer, eis a questão. Dizer a certos invejosos que há quem tenha vencido o tabaco (e dois maços diários, ainda por cima - depois de enfrentar uma tempestade às 4 da manhã para ir comprar mais) sem sequer consultar o médico pode até ser educativo, mas também pode ser visto como gabarolice parola.

A gabarolice é defeito? E quando é parola?

Digo ou não digo? Raios partam estas dúvidas.

Sem comentários:

Enviar um comentário