quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Pelas minhas contas...

... troveja em Portimão, sem interrupção, há 14 horas. A noite foi um sobressalto. A manhã também. E o dia será passado na expectativa de uma falha de luz que interrompa o trabalho a qualquer momento.

É em alturas como estas que dou palmadinhas nas minhas próprias costas por ter investido numa UPS.

Sem comentários:

Enviar um comentário