sábado, 22 de março de 2008

As estantes mais originais

O Blogtailors anda há vários dias a publicar uma série em que vai mostrando fotos d'"As Estantes Mais Originais". São estantes de todas as formas e feitios, possíveis e imaginários. A variedade é quase infinita. Só parecem ter uma coisa em comum: não são estantes para leitores.

É que os leitores, a menos que vivam num palácio, e ao preço a que estão os livros não há-de haver muito leitor que consiga comprar um palácio, têm invariavelmente pouco espaço para os livros que têm em casa. Portanto, as estantes que procuram são aquelas estruturas práticas e a modos que rectangulares onde caiba o máximo possível de papel no mínimo de espaço possível. Estantes que revistam as paredes e aproveitem bem os cantinhos. Estantes bem equilibradas e fortes, que não corram o risco de ruir ao primeiro abanão. E, se o leitor for do tipo obsessivo-compulsivo, pois também os há, estantes o mais fechadas possível, que protejam o papel das pragas que tendem a atormentá-lo. Nada de chavetas e colchetes, nada de contornos "orgânicos", nada de colunas debruçadas sobre as paredes, nada de vidro, muito menos se cada prateleira só tiver um ponto de apoio, enfim, nada de design-tipo-design. Os leitores querem é design-tipo-funcional, mesmo que o outro até lhes alegre a vista de vez em quando (alegra a vista, mas causa alguns arrepios também, só de pensar no que aconteceria com os livros lá postos em cima).

Portanto, quando forem a casa de alguém e virem uma estante parecida com aquelas que o Blogtailors anda a mostrar, já sabem: não lhe ofereçam livros pelo natal.

Sem comentários:

Enviar um comentário