sábado, 21 de junho de 2008

Semana

Calminha, esta semana. Não se trabalhou muito, perdeu-se tempo com brincadeiras e fez-se algumas coisas que já estavam há muito tempo à espera de serem feitas mas que não interessam a mais ninguém. O que talvez interesse a alguém é que...

O livro vai na página 726, 52 páginas de avanço relativamente à semana passada, e mantendo ainda coisas traduzidas mais à frente. Faltam já menos de 400.

O wiki está na mesma. Fiz férias de wiki, e suspeito que vou continuar em férias de wiki durante mais algum tempo.

Leituras houve, mas não acabei nada além de uns quantos contos. E se calhar tinha piada ir falando dos contos. Então, li O Equinócio dos Loucos, de A. E. Bakonsky, escritor romeno, um conto fantástico sobre a violência étnica. Bom. Também li The Risk-Taking Gene as Expressed by Some Asian Subjects, de Steve Tomasula, um conto de FC literária sobre um geneticista que anda à procura do gene do risco e acaba envolvido com a máfia chinesa sem saber bem como. Bastante interessante. Continuei a plácida degustação dos contos do Mário-Henrique Leiria, com Apenas..., um conto que bem pode ser visto como FC, em que o pobre infeliz do protagonista se vê apanhado numa encruzilhada de exércitos históricos, dos mais bárbaros que a espécie produziu. Muito bom. Também li num instante A Caridade, de Orlando Neves, um conto insólito e macabro que faz lembrar o ambiente das coisas do João Seixas publicadas no E-nigma. E li As Mulheres da Neve, do Fritz Leiber, novela de fantasia que conta como Fafhrd fugiu da sua pátria para ir dar origem à parceria com o Rateiro Cinzento. E acho que foi só isto.

Sem comentários:

Enviar um comentário