domingo, 24 de agosto de 2008

1535 posts etiquetados

Foi a 9 de Março que começou: pegar nos cerca de 1500 posts que na altura existiam na Lâmpada Mágica e ligar a cada um as etiquetas que parecessem mais adequadas. Entretanto, ao longo destes cinco meses e meio, foram escritos mais, chegando com este a 1535. E foram sendo etiquetados em interstícios de tempo roubado a tudo e mais alguma coisa, de frente para trás e de trás para a frente. Hoje esse trabalho terminou.

Foi uma viagem com o seu quê de curioso. Embora este blogue nunca tenha sido descaradamente umbiguista, ao contrário de tantos outros, não deixou de ir reflectindo as azias e alegrias de quem lhe foi dando vida. Mais azias do que alegrias, porque estes cinco anos coincidiram em parte com o ponto mais baixo da minha vida, e também com um dos grandes pontos baixos da democracia neste país e com um mundo em acentuada turbulência. Entretanto, o país melhorou um pouco, embora o portuguesinho, com a sua tradicional memória curta, pareça já se ter esquecido do que isto era quando andavam por cá o Barroso e o Santana. A minha vida também melhorou significativamente. O mundo é que nem por isso. Talvez antes pelo contrário.

O certo é que fui encontrando quem fui, post a post, o bom e o mau, aquilo de que me orgulho e as coisas que me envergonham. Houve posts que me senti tentado a apagar. Mas não o fiz. As únicas alterações que a Lâmpada sofreu no processo, além da etiquetagem, foi a correcção de algumas gralhas e de alguns links obsoletos. O resto ficou tudo como estava, facilmente acessível a quem tiver interesse, quer através dos links para as etiquetas que estão por baixo de cada post, quer através da lista que está ali em baixo, do lado esquerdo. Para a maior parte das etiquetas, tanto faz. Mas para aquelas com mais de 20 itens, aconselho a usar a lista, porque através dela têm acesso a todos os posts com essa etiqueta, e não apenas aos 20 mais recentes, como acontece via links.

Há várias etiquetas que, tudo somado, ligam a mais de 100 posts cada: "spamesia" (claro), mas também "blogosfera", "fc e f", "humor", "intimidades", "irritações", "lâmpada mágica" e "política". Pessoalmente, destacaria a spamesia e as ficções. Olhando para trás, parece-me que está aí o melhor que a Lâmpada contém. E evitaria as irritações: quase tudo o que me envergonha está aí (e na patetice das visitas à volta do mundo). Mas claro que vocês provavelmente terão outras opiniões.

Sem comentários:

Enviar um comentário