domingo, 7 de setembro de 2008

Incontornável

Sempre que vejo alguém ser apelidado de incontornável, imagino-o gordo. Não simplesmente gordo, mas gordo de uma forma superlativa, monstruosa, uma imensa bola de gordura a perder de vista, tão vasta e redonda que desaparece para lá do horizonte, impossível de contornar.

Achei que gostariam de saber disto.

Sem comentários:

Enviar um comentário