sábado, 6 de dezembro de 2008

Semana

Esta treta de haver feriados à segunda-feira faz com que um tipo se sinta atropelado pelo sábado, sem travagem nem marcas no pavimento; ouve-se o vrruum de motor, ergue-se o olhar sobressaltado e ele aí vem, desalvorado, com o ar pacholas de todos os sábados mas nem por isso reduzindo a marcha e, catrapaz, acerta-nos em cheio sem dar tempo de dizer ai nem ui.

É uma maneira como outra qualquer de dizer que a semana foi curta.

Não houve tradução. Tenho muito a ler, dois livros, e pouco tempo para os ler (mas um já está, e o outro vai quase a meio), e ainda não é altura de me distrair de uma história com a outra. Isso fica para a tradução propriamente dita, talvez. Ou talvez não. Elas são demasiado semelhantes. Tradução alternada funciona quando as histórias e os estilos são suficientemente diferentes para que trabalhar numa delas sirva de descanso da outra. (E funciona, foi o que fiz com A Criança Roubada e A Fúria dos Reis, e parece que não me saí mal de todo.) Mas com duas histórias muito semelhantes, tenho as minhas dúvidas. A ver vamos.

Wiki houve. A coisa soma agora 15 088 páginas, o que quer dizer que a semana lucrou 233, uma bela colheita. E já não falta muito para o site chegar aos dois milhões de page views, o que é porreiro. O lado B do vinil é a imensa quantidade de material que ainda anda por aí à espera que chegue a sua vez. Quando olha para o que ainda falta fazer, um tipo às vezes arrepende-se de se ter metido nisto, mas depois considera a alternativa, que seria a inexistência, e continua a trabalhar.

Leituras de lazer é que seguiram o mesmo caminho da tradução, ou quase, e pelo mesmo motivo. Li alguma coisa, mas muito pouco e não acabei nada. De modo que a semana fica-se por aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário