sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Lido: Cismando no Sismo

Em Cismando no Sismo, José Saramago regressa às crónicas propriamente ditas, fazendo uma reflexão pessoal, e com punhos de renda (afinal estávamos em tempos de fascismo e censura), sobre o sismo de 1969, sentido principalmente no Barlavento algarvio, mas também na zona de Lisboa e em todo o sul do país. Como acontece com frequência, esta crónica, mais baseada em acontecimentos contemporâneos, resistiu muito pior ao tempo do que as crónicas que mais se aproximam do conto. Esta lê-se, mas deixou-me basicamente indiferente.

Sem comentários:

Enviar um comentário