terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Lido: Alice e as Maravilhas

Na historinha intitulada Alice e as Maravilhas, José Saramago faz uma espécie de versão da história de Lewis Carroll, transformando-a num encontro (amoroso? certamente) entre uma rapariga e um rapaz. Mas não a banaliza de todo, não lhe retira por completo a magia, embora me pareça que o que o autor achou mais importante quando escreveu este pequeno conto foi a poesia da prosa. Quem gosta de prosa poética salpicada de magia certamente gostará de ler estas escassas duas páginas.

Sem comentários:

Enviar um comentário