quarta-feira, 21 de julho de 2010

Lido: Carta de Ben Jonson aos Estudantes de Direito que Representaram Volpone

Carta de Ben Jonson aos Estudantes de Direito que Representaram Volpone é outro pequeno conto de José Saramago, e uma vez mais é fantástico. Como o título indica, trata-se de uma carta que terá sido escrita pelo dramaturgo Ben Jonson a um grupo de estudantes que terão representado uma das suas peças. O teatro não é a minha onda, bem longe disso, e portanto tive de ir ver quem era o homem e que peça é essa tal Volpone. Esta, é uma comédia sobre a ganância e a luxúria; aquele é um cavalheiro inglês, contemporâneo de Shakespeare. Quanto à carta, depois de explicar que o trabalho dos fantasmas dos dramaturgos mortos é andar pelo mundo a assistir às representações que se vão fazendo das peças que escreveram (ideia fantástica em si mesma... e aqui "fantástica" e tem dois significados diferentes), a carta dá efusivos parabéns aos tais estudantes por terem feito da peça uma coisa tão diferente e ao mesmo tempo tão igual. Desconhecendo como desconheço a encenação específica a que Saramago se refere, não me custa muito adivinhar que a terão adaptado à situação portuguesa da época, usando-a como arma de combate político antifascista. E que é aí que Saramago quer chegar através do seu uso do fantástico.

Sem comentários:

Enviar um comentário