sábado, 25 de setembro de 2010

Lido: As Férias

As Férias é mais uma crónica estival de José Saramago, na qual ele nos oferece, claro está, a sua visão das férias, mostrando algum ceticismo pela cultura da viagem, mas não pelas descobertas que lhe estão subjacentes mas podem ser muito mais singelas do que ir ver a Torre Eiffel ou as Pirâmides. É uma crónica ligeira e intimista, sem nenhum interesse especial, que se lê bem mas com igual facilidade se esquece. Uma crónica estival, portanto. Fácil e passageira como o próprio verão.

Sem comentários:

Enviar um comentário