quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Lido: Noite de Verão

Noite de Verão é também uma crónica de José Saramago, esta intimista, onde ele revela que tinha planeada uma crónica amarga sobre o estado no mundo, mas foi dar um passeio e, perante a bonança da noite de verão e o doce abandono dum casal de namorados deitado na relva de um jardim, não conseguiu dar sequência à crónica que estava prevista. Um texto bonito e, para variar, esperançado. E realmente convém variar de vez em quando. As coisas sempre iguais tornam-se chatas.

Sem comentários:

Enviar um comentário