domingo, 21 de novembro de 2010

Desafio 5: Sustenta-me o olhar

O quinto desafio que me propuseram foi fazer uns versos em volta da frase "sustenta-me o olhar". E eu atirei umas memórias ao ar, misturei-as com palavras, e saiu isto:

Sustenta-me o olhar

Sustenta-me o olhar
se conseguires
porque ele é fogo, é aço, é ácido
que não corrói
é tornado em violência
que não destrói

Sustenta-me o olhar
se conseguires
porque dele nascem mundos inteiros
mares e rios, plantas e animais
e tudo o mais
e mesmo embrulhados em ligeireza
podem ser pesados demais

Sustenta-me o olhar
se conseguires
eu quero pôr-to inteiro nas mãos
para com ele fazeres
o que bem entenderes
basta para isso que sejas capaz
de me sustentares o olhar

Sustenta-me o olhar
Se não conseguires
não te esqueças de acrescentar mais uma letra
ao epitáfio do homem infeliz
Reza assim:
“quem o quis não o mereceu
quem mereceu não o quis.”

5 comentários:

  1. o meu desafio que seria o segundo ou terceiro ainda não foi tido em conta :(

    ResponderEliminar
  2. Vê o que escrevi sobre isso no 3. O teu foi o segundo que me chegou nesse dia, e está de reserva.

    Tenho pensado em usá-lo mas isto tem andado muito complicado por estes lados, o que me fez reduzir o ritmo, e o que faz com que me tenha sempre aparecido outro antes de o poder fazer. O próximo também já chegou.

    ResponderEliminar
  3. Depois de não sei quantos dias a tentar sustentar o olhar a miúdos de 65 anos que mal se conseguem manter concentrados por 5 minutos, tinha de sustentar qualquer coisa para relaxar...ma nã posso sô vesgo

    ResponderEliminar