quarta-feira, 11 de maio de 2011

Idiotices

Cito, só cito e digo amém: "Existem dois tipos de imbecis: os superficiais e os profundos. Eu prefiro os imbecis superficiais, são mais genuínos, terra-a-terra, dizem imbecilidades sem nenhum tipo de pretensão e normalmente têm graça. Os profundos são mais elaborados, complexos, pedantes adulterados pelo estudo e que recorrem normalmente à imbecilidade dos outros para elaborar teorias tolas, com duplo sentido."

Mas há mais, o post não se esgota aqui. Citações, palavras alheias com que o Bulhosa (auto)ironiza. E nem sequer se pode achá-lo espertinho, ao Bulhosa, senão pumba, cai-nos em cima o martelo do duplo sentido, e catrapaz, fica a cretinice própria à vista para o mundo ver. Portanto disfarcem comigo, assobiem para o ar. O homem é um palerma, não é? É, pois, havia de ser o quê?

(Mas lá que a citação que aqui reproduzo acerta na muche, acerta. Com duplos sentidos ou sem eles. E também prefiro os superficiais. De longe.)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Relembro que spam, na Lâmpada, tem vida curta. Seja qual for a natureza do spam e daquilo que ele publicita, simpática ou antipática, é apagado assim que me dou conta de que existe, sem apelo nem agravo.

    ResponderEliminar