domingo, 4 de dezembro de 2011

A partir do próximo fim de semana, na Lâmpada

Henry Alfred Bugalho é indiretamente responsável por uma nova rubrica que irá começar a aparecer no próximo fim de semana aqui na Lâmpada. Isto porque comentou um post onde eu falei de um conto dele, que li há dias e de que não gostei mesmo nada, compreensivelmente pouco satisfeito, e levantando uma série de questões pertinentes. E eu comecei a responder ao comentário, também em comentário, até que a páginas tantas parei e pensei cá com os meus botões: não, assim não vamos lá. É preciso ir mais fundo do que isto. De modo que apaguei tudo e decidi fazer uma coisa que já andava com ideias vagas de fazer há algum tempo.

Um conjunto de posts regulares e mais desenvolvidos (e maiores) com opiniões sobre vários temas. Um tema por post.

Esses posts irão sendo escritos ao longo da semana, quando tiver tempo e disposição, e serão publicados durante o fim de semana, provavelmente ao sábado. Não garanto regularidade total, que não tenho vida para isso e porque é possível que alguns temas mais complexos me exijam mais do que uma semana para os tratar convenientemente, mas espero conseguir pôr cá um post na maioria dos fins de semana. Os primeiros serão em parte respostas às questões levantadas pelo Henry.

E por agora é só. O primeiro deverá aparecer no próximo fim de semana.

E uma etiqueta que os agrupe? Hm... 'xa cá pensar...

1 comentário:

  1. Oi, Jorge.

    Posso dizer que fico um tanto lisonjeado que o meu comentário tenha levado-o a realizar certas reflexões e certamente estou curioso para lê-las.

    Insatisfeito com a sua resenha?

    De maneira alguma! Se há algo que já compreendi em meus poucos dez anos de carreira literária é que existem todos os tipos de leitores e também de críticos.
    Alguém que conscientemente decide expor seus textos, suas ideias, suas boas ou más obras está sujeito a ser elogiado ou criticado. Fato inevitável.

    Um conto, um leitor, uma crítica. E a vida segue adiante, de páginas em branco a outras páginas em branco, dialogando com nossos leitores potenciais linha após linha. Somente isto...

    Abraços.

    ResponderEliminar