domingo, 17 de junho de 2012

Lido: As Tumbas de Saint-Denis

As Tumbas de Saint-Denis é um conto de Alexandre Dumas ambientado em Paris na época do Terror, que se seguiu à revolução francesa. Com um fundo político que quanto melhor se conhecer a história do período (e da França em geral) melhor se será capaz de apreender, embora seja fácil descobrir nele a crítica aos excessos das épocas revolucionárias, o conto é também uma história de fantasmas, de maldições e de vingança. O que despoleta a história é o excesso de um homem que, enquanto os cadáveres dos outros reis de França eram exumados das suas luxuosas sepulturas e voltados a enterrar numa vala comum, resolve dar um estalo no cadáver de Henrique IV, um dos mais populares reis que França teve (o conto apelida-o de "o rei do povo"). E a partir daí vê-se perseguido por azares e pela rejeição de todos.

Gostei bastante. Dumas é um grande escritor, e este conto está bem escrito, bem construído e bem rematado. Em suma: é bom.

Sem comentários:

Enviar um comentário