domingo, 29 de julho de 2012

Lido: Cycle

Cycle é um bizarro poeminha de Bonita Kale sobre uma máquina de lavar roupa daquelas das lavandarias self-service, apaixonada por um rapazinho que lhe enfia as moedas na ranhura, com roçadelas e vibrações eróticas à mistura. Não achei grande coisa, confesso, e tampouco vi nele grande coisa da FC que se esperaria encontrar na Asimov's.

Textos anteriores desta publicação:

Sem comentários:

Enviar um comentário