quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Lido: Aliança

Aliança (bib.) é um conto curto de Mário-Henrique Leiria sobre um homem que tem a casa regularmente invadida por... criaturas. Criaturas azuis, verdes, laranja, talvez fantásticas, talvez extraterrestres, certamente aborrecidas e suficientemente irreverentes para não terem quaisquer pruridos em invadir-lhe o sossego e privacidade do lar. Mas não é só a casa dele que está sujeita a essa invasão; é o país inteiro ou até, talvez, o mundo. O que pouco importa ao nosso protagonista. O que ele não quer é as criaturas lá em casa, e por isso telefona a um general seu conhecido. O que se vem a revelar má ideia, e aqui reside boa parte da ironia da coisa, do humor caracteristicamente subversivo do autor. É um conto divertido, de algo muito semelhante à ficção científica, que me pareceu claramente inspirado no livro de Fredric Brown Os Marcianos Divertem-se, que Leiria tinha traduzido década e meia antes de publicar este conto. A influência pode não ter sido consciente, mas está claramente lá.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário