terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Lido: O Pretendente

O Pretendente é um curto conto fantástico de John Collier que se desenrola dentro de uma loja que tem fama de vender produtos de sobrenatural eficácia. Poções, mais precisamente. O cliente, como o título indica, está interessado num tipo específico de poção: uma poção de amor. Mas o conto não nos mostra se ela é eficaz ou não, apenas a conversa que antecede a compra, durante a qual o vendedor procura chamar a atenção do cliente para outros produtos, ao mesmo tempo que assegura a eficácia daquele que o protagonista procura. O conto não me pareceu nada de especial; talvez seja demasiado curto para ter real impacto no leitor (ou pelo menos neste leitor), até porque Collier, autor que eu desconhecia, não parece ser nenhum Rogers. Mas é um conto agradável.

Conto anterior deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário