terça-feira, 30 de abril de 2013

Lido: À Procura do Sr. Green

À Procura do Sr. Green é um conto de Saul Bellow sobre um homem, trabalhador da Segurança Social, que recebe a tarefa de encontrar um tal Sr. Green para lhe entregar um cheque que o beneficiário não tinha ido receber ao lugar próprio. É um conto quase neorrealista, pois Bellow utiliza a busca para nos falar das vidas daquela massa paupérrima, esmagadoramente negra, desconfiada de qualquer forma de poder, que habitava em meados do século XX nas zonas pobres de Chicago. Pois o protagonista bem procura mas ninguém conhece o Sr. Green, ou ninguém afirma conhecê-lo, como se houvesse uma condição de quase clandestinidade na miséria urbana, para a qual o estranho, e, pior, o estranho branco, é visto como ameaça mesmo quando traz consigo um cheque. É um conto duro, mesmo contado com a suavidade que Bellow emprega, um conto que fala de racismo e pobreza, sem falar explicitamente de racismo e só falando de pobreza de uma forma algo oblíqua e é, parece-me, um conto bastante bom. Também por isso.

Contos anteriores desta publicação:

Sem comentários:

Enviar um comentário