terça-feira, 14 de maio de 2013

Lido: Embutido

Embutido, de Alberto Pimenta, é um mini-conto, ou quiçá um poema, ou talvez uma anedotazinha, sobre um homem que, ao matutar nuns problemas que o afligiam (mas de uma forma muito elevada, sublinhe-se), sofreu o percalço de lhe cair a alma aos pés. Era sexta-feira. E já se sabe da dificuldade em arranjar quem substitua almas ao fim de semana, não é verdade?

Trata-se, como se pode ver, de um continho (poema?) fantástico francamente divertido. E acho que já escrevi mais sobre ele do que o que ele escreveu sobre si próprio.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário