quarta-feira, 19 de junho de 2013

Lido: O Motim

O Motim é um pequeno poema de António Cabral, composto por duas quadras apenas, de cariz popular, sobre um motim que terá ocorrido em Lamego em 1915. Achei bastante fraco. Na verdade, achei-o mais fragmento, ou talvez esboço, que poema propriamente dito. Lê-se em segundos e deixa no ar aquela terrível interrogação de "E? É só isto?"

Talvez o mais fraco de todos os textos deste livro.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário