quarta-feira, 3 de julho de 2013

Lido: Ao Sabor da Corrente

Ao Sabor da Corrente é um poema humorístico de José Alberto Braga cujo título me parece indicar a forma como foi escrito. Trocadilhos, tem em fartura, mas parece-me faltar-lhe algo mais do que isso. Piada, por exemplo. E também sentido, dado que não parece haver nenhum fio condutor que interligue as estrofes. Estas são quadras, mas não populares, pois apesar de terem rimas não têm a métrica que as quadras populares exigem. Em suma: não gostei muito.

Sem comentários:

Enviar um comentário