domingo, 7 de julho de 2013

Lido: Berenice

Berenice (bibliografia) é um conto de Edgar Allan Poe, aqui numa tradução feita a partir da versão francesa de Baudelaire, motivo que poderá levar quem conheça a relação entre as traduções de Baudelaire e a popularidade de Poe em França e na Europa a julgar ser essa a explicação para um burilamento de texto superior ao que é hábito encontrar nas traduções portuguesas dos contos do americano. Mas eu tive a curiosidade de passar uma vista de olhos pelo texto original, e a verdade é que a tradução lhe é bastante fiel, o que mostra que, ao contrário do ruído das luzes que às vezes se faz sentir, nem sempre uma tradução de uma tradução é pior do que uma tradução direta.

Quanto ao conto, narrado na primeira pessoa, é uma típica história romântica de vampiros, com o seu sentimentalismo arrebatado e a sua atmosfera trágica, marcada pela loucura, doença e morte. A protagonista, a Berenice do título, é prima e interesse amoroso do narrador, e o conto descreve um período de alguns meses durante os quais uma estranha doença que acomete a jovem (aliás, as doenças são duas, pois o próprio narrador se afirma doente, ainda que a sua tenha uma natureza algo diferente) vai revelando sinais cada vez mais claros de que algo de sobrenatural ali se passa.

Os três ou quatro gatos pingados que costumam ler estas coisas que aqui vou deixando já devem estar por esta altura fartos de saber que o estilo romântico não é do meu agrado. Portanto não gostei particularmente deste conto. Reconheço que está muito bem escrito e que, dentro do estilo, é um conto bastante bom, mas torci-lhe o nariz.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário