quarta-feira, 24 de julho de 2013

Lido: Louvor e Simplificação de Pacheco Pereira

Louvor e Simplificação de Pacheco Pereira é uma crónica de escárnio e maldizer de Manuel António Pina sobre o nosso velho conhecido Pacheco Pereira, obviamente. Pina não morre de amores pelo homem, e dá-lhe com força e ironia. Eu também não morro de amores pelo homem (ainda que ele nos últimos tempos tenha andado a dizer e escrever umas coisas acertadas), mas mesmo assim não evitei um certo desconforto. Há nesta crónica um pouco daquela maledicência mesquinha de internet que conhecemos demasiado bem, bem reconhecível apesar de revestida com roupagens menos analfabetas do que é de regra por aqui. Mereça ou não o Pacheco a surra, parte dela faz richochete. E eu mal sorri ao ler isto.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário