domingo, 28 de julho de 2013

Lido: O Paraíso Revisitado

O Paraíso Revisitado é um pequeno conto de José Alberto Braga que, como o título indica, revisita o mito judaico-cristão da criação de Adão e da expulsão da humanidade do Paraíso. É, naturalmente, um conto fantástico. E também é o mais bem escrito dos contos de Braga que li até agora, e um dos seus textos mais divertidos.

Adão é retratado como um birrento insuportável, que quer, que exige, uma mulher. Já! E o Criador lá lhe faz a vontade, mais para não ter de o ouvir mais do que propriamente por desejo próprio. E o resto é história, antecedida da respetiva pré-história. Gostei deste continho. Em parte dada a minha incorrigível condição de herege, sempre pronto a rir-me dos mitos judaico-cristãos. Mas a verdade é que aqui Braga consegue ser divertido sem ser desrespeitoso (se bem que a fação ultrasisuda que há em todas as religiões seja capaz de não ser da mesma opinião), o que denota algum tato na irreverência. E também, está claro, porque o nível do português é aqui mais elevado do que noutros textos que ficaram para trás. Aprovado.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário