sábado, 31 de agosto de 2013

Lido: FMI em Apuros

FMI em Apuros é um continho de José Alberto Braga, levemente surreal (às tantas há um tipo que se vai embora por uma janela... não se sabe se montado numa vassoura, embora essa seja uma possibilidade não descartável), que é demasiado parvo para ter piada. Parvo no bom sentido, note-se: não há humor sem alguma dose de parvoíce. Mas quando essa dose é excessiva tem o efeito contrário. É o que me parece que acontece aqui.

A ideia básica é o FMI estar sem dinheiro, de tal forma que até os multimilionários salários dos seus diretores ficam em risco. E Braga inventa uma reunião para discutir o assunto, com um resultado inesperado. Mas, lá está, demasiado parvo.

É muito provável que o forte desajustamento entre o conto e as realidades presentes, dada a sua idade, também o prejudique bastante. Este livro foi publicado em 2000, o conto deverá ter sido escrito alguns anos antes, e de então para cá muita água correu debaixo das pontes. Mas seja como for, e por que motivo for, temo bem que o resultado não seja agradável.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário