domingo, 4 de agosto de 2013

Lido: Tira a Mãe da Boca

Tira a Mãe da Boca é mais uma incursão de José Alberto Braga pelos caminhos do fantástico, desta feita por via mitológica. Aqui estamos perante um teatrinho, ou talvez um sketch, no qual é rapidamente recontada a lenda de Édipo. A muito problemática lenda de Édipo, com todas as confusões geradas pelo facto do velho jovem rei ter tomado por esposa a própria mãe. Bom material para tratamento humorístico? Sem dúvida. E Braga consegue ter piada, socorrendo-se para isso não só do humor situacional inerente à história, mas também de coisas como anacronismos: logo no início, por exemplo, Édipo recebe nada menos que um email. Nada de antologia, mas divertido.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário