quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Lido: O Rei / A Diarreia ................. O Dia Rei

O Rei / A Diarreia ................. O Dia Rei é um texto (poema, será?) de Rui Reininho, reininhamente absurdo, surreal, irónico, sobre um tal Polaroid, "malabarista maldoso", que aparentemente seria rei de qualquer coisa. O estilo é basicamente o mesmo encontrado em Sífilis e em tantas letras dos GNR; é, e digo-o correndo conscientemente o risco de me repetir, um texto absurdo, de puro nonsense, desconexo, que nunca se chega a perceber onde quer chegar, nem mesmo se quer chegar a algum lado, se tem a mínima pretensão a ultrapassar o simples malabarismo das palavras e ideias, dos trocadilhos que o próprio título exemplifica. É um estilo que não me agrada por aí além, que nem quando revestido de música alguma vez me agradou mesmo (sempre fui bem mais amigo das histórias em verso do Carlos Tê, por exemplo) e por conseguinte também deste texto não gostei lá muito.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário