segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Lido: O Adiado Avô

O Adiado Avô é mais um pequeno conto de Mia Couto, desta feita sobre um homem que recusa enquanto pode a condição de avô, renegando e rebaixando um neto que lhe aparece na vida como que por capricho teimoso da filha, sem lhe perguntar se pode ser, sem lhe pedir com licença, mudando-lhe uma existência que queria sua. Com um breve salto ao colonialismo pelo meio, é um continho sobre a mudança que o tempo traz e à qual é condição humana sujeitarmo-nos, uns mais a gosto, outros mais contra o gosto. Bom, sim, e coutiano, obviamente, mas não dos meus favoritos. Não se pode nunca gostar de tudo, não é?

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário