domingo, 5 de janeiro de 2014

Lido: O Homem do Talho

O Homem do Talho é mais um pequeno texto de José Alberto Braga, e aqui a palavra "texto" aplica-se com mais propriedade do que em muitos dos outros. Nele, Braga discorre sobre o tema que o título indica, com a habitual profusão de trocadilhos e ironias mais ou menos nonsensuais, aproximando-se aqui e ali de um humor negro a que há quem chame horror (ou horrir), o que se compreende dado o talhante lidar com carnes e objetos cortantes. Tem o seu interesse, sim; quando mais não seja por ser um texto mais elaborado do que as listas de frases de que Braga tanto parece gostar. Não me parece que seja bom, note-se (é um pouco óbvio em demasia), mas pelo menos dá para ir lendo de sorrisinho razoavelmente aberto.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário