quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Lido: A Vinha

A Vinha é um conto de horror de Kit Reed que faz lembrar as histórias da velha série Twilight Zone, em especial no tipo de ambiente que é criado. Tudo gira, como seria de esperar, em volta de uma vinha. Mas não uma das vinhas que estamos habituados a ver espalhadas pelos campos deste nosso país vinícola. Esta é uma árvore gigantesca, que ocupa por completo o espaço disponível no interior de uma estufa e cujas raízes de estendem para fora desta, pelos terrenos em redor, impedindo que neles cresça seja o que for. Uma família, os Baskin, tem como missão de vida tratar da vinha, e não é em vão que falo aqui em "missão de vida". Na verdade, o principal motor do conto é a progressiva descoberta de até que ponto esta missão é realmente uma missão, de até que ponto as vidas deles estão, mais que entrelaçadas à da vinha, sujeitas a ela. O conto está bastante bem construído e é francamente inquietante, ainda que o seu desenrolar e desfecho não seja propriamente imprevisível. Mas sim, é um bom conto.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário