domingo, 3 de agosto de 2014

Lido: Porque não Odeio o Sporting (nem Sequer o FCP, que Mereceria)

Porque não Odeio o Sporting (nem Sequer o FCP, que Mereceria), de André Belo, é uma espécie de crónica tal como estas se transmutam nos blogues, sobre a clubite, essa doença que tão disseminada é entre os futeboleiros. Bem escrita e intimista, compreende-se a sua presença neste livro por vir acompanhada de uma fina ironia (que, aliás, se vê logo no título), mas para alguém, como eu, que há muito deixou de ligar à bola em boa medida por causa destes tão patetas odiozinhos que Belo aqui critica, acaba por ter pouco interesse. Mesmo apesar da crítica.

Por outro lado, é um texto de aconselhável leitura para os verdadeiros doentes da bola. Pouca esperança tenho de que alguém aprenda realmente alguma coisa ao lê-lo, mas basta a possibilidade, mesmo que remota, para que eu o aconselhe.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário