terça-feira, 26 de maio de 2015

Lido: Nós, os Gordos

Nós, os Gordos é uma crónica de Pedro Mexia sobre a sua recém-descoberta condição de gordo. Não que tenha lá chegado por si só, mas porque alguém mais o enfiou à revelia no grupo, obrigando-o a examinar-se para decidir se aceitava o ápodo, se mandava o indecoroso dar uma volta a algo grande. Muito bem escrita e com real piada, esta crónica só peca por ser talvez um pouco grande demais. O Mexia tem umas frases estelares, de engargalhar o mais sisudo, mas não consegue aguentar o mesmo nível ao longo de duas páginas. Pelo menos aqui e na minha humilílima opinião.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário