quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Lido: Conto de Natal

Conto de Natal é mais uma crón... mas espera... não, não é. É um... conto fantástico?! Do Ricardo Araújo Pereira?! Vou ter de acrescentar mais o nome deste ao Bibliowiki?! E se calhar ainda ir-lhe comprar os livros para ver se é o único ou se há mais? Ora esta!

Pois que o Ricardo Araújo Pereira, conhecido incréu, resolveu escrever um continho de natal, para o que foi buscar uma personagem completamente inesperada, Jesus Cristo, uma lenda inteiramente desaproveitada, a história de o tipo andar por aí a aparecer às pessoas enquanto pedinte, e com esses ingredientes, que nunca ninguém tinha usado antes, lá compôs um continho à sua maneira. Tem punchline, obviamente. E é divertido, claro, embora a minha condição de confrade RAPiano na blasfémia possa estar a colorir esta opinião. Estou certo de que, digamos assim ao calhas, o João César das Neves não iria achar nenhuma gracinha à gracinha. E quem diz Abominável César das Neves, diz qualquer outro devoto beato. Mas eu? Oh, eu ri.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário