terça-feira, 11 de agosto de 2015

Lido: Ex-Machina

Ex-Machina (bibliografia) é um conto retrofuturista de Michael Silva que segue as peripécias de um tal José Goias, tenente do exército, que se vai meter a investigar estranhos casos de violência coletiva centrados numa unidade fabril em Oeiras. Com algumas boas ideias, e sem ser um mau conto, este será provavelmente o pior dos contos do livro até agora, perdendo-se em cenas de pancadaria interligadas de forma pouco eficaz e escritas numa prosa que, apesar de em geral até ser competente, mostra todavia demasiadas falhas (que na verdade deviam ter sido apanhadas pela revisão; é certo que a responsabilidade principal é do autor, mas nem toda lhe cabe) para evitar prejudicar a leitura. Com menos ênfase na batatada, ou pelo menos com uma pancadaria mais lógica e dirigida, e com um pouco mais de profundidade tanto nas personagens como no próprio enredo, que deixa algumas pontas demasiado soltas, este conto poderia ser bom. Assim, é razoável. Razoável com sinal menos.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário