terça-feira, 18 de agosto de 2015

Lido: Psht ó Chefe

Psht ó Chefe é mais uma crónica de Ricardo Araújo Pereira em que, depois de levar tau-tau no rabinho por usar o anglicismo ortográfico "psht" em lugar do mais vernáculo, e portanto correto, "pcht", RAP debruça o seu olhar analítico pelos diversos tipos de empregados de café, no que toca, naturalmente, à forma como eles transmitem à copa o pedido do cliente. Gargalhada inevitável, pois então, tanto devido à subdivisão em géneros como aos exemplos dados para cada um e até a uma certa redução de si próprio à dimensão devida. Mais um texto muito divertido e, pé na poça ortográfico à parte, bem escrito.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário