sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Lido: Coincidências

Coincidências (bibliografia) é uma noveleta retrofuturista de Pedro Afonso, protagonizada por um escritor de romances baratos que se vê mergulhado numa série de acontecimentos apocalípticos que, vindos aparentemente do nada (embora muitas fossem os avisos espalhados pelos outros contos desta antologia), abalam profundamente a capital portuguesa ao baterem as badaladas da passagem de 1999 para 2000. A noveleta está bastante bem escrita, e isso é o que tem de melhor. Por outro lado, deixa tantas pontas soltas ao seguir o que vai acontecendo ao protagonista ao longo de dois dias, é tão incongruente com a sua lógica interna, que não funciona bem enquanto texto autónomo. Falta-me ainda a leitura da derradeira história da antologia para o confirmar plenamente, portanto isto por enquanto é apenas suspeita, mas a ideia que me fica é que este texto de Pedro Afonso se destina sobretudo a fazer uma espécie de introdução para o que se lhe segue. Adiante veremos se a faz bem, mas uma coisa é certa: sem reformular intensamente esta sua história, não creio que Afonso venha a ter grande sucesso em autonomizá-la, por exemplo através da sua inclusão num livro de contos seu, ao contrário do que acontece com a maioria das demais que, deixando embora clara a sua adesão ao universo compartilhado por todas, também funcionam bem como textos isolados.

Isto, note-se, não é defeito, caso tenha resultado de uma opção consciente do autor e da organização da antologia, que pretende claramente usar as várias peças de que se compõe para contar uma só história. É feitio. Analisando esta história como noveleta autónoma, não é me possível achá-la boa, mas se a vir como parte de um todo até talvez seja; falta-me a leitura da história que se segue para o saber com certeza.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário