segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Lido: A Loja Mágica

A Loja Mágica (bibliografia) é um conto de fantasia de H. G. Wells que descreve, com evidente gozo e bom humor, a visita de um pai acompanhado por um filho que, como todas as crianças, assim reza a lenda romântica da infância, é fascinado por coisas de maravilha e magia, a uma loja localizada numa rua de Londres (suspeita-se) que vende aqueles artigos que é comum encontrar-se nos espetáculos de prestidigitação. No entanto, esta loja não é como as outras. Não é por acaso que a história se intitula A Loja Mágica (o nome da própria loja) e não A Loja de Magia. Sim, a própria loja, bem como tudo o que contém, é mágica. Nada de meros truques mecânicos, nada de ilusões. Magia.

É um bom conto, e divertido, embora esteja a certa distância de oferecer grandes surpresas a quem o lê. A ideia tem sido tão explorada, por tantos autores, que os caminhos que aqui percorre estão bem batidos. Mas esta história já é mais que centenária, à época os caminhos estavam ainda bem mais virgens, e portanto isso tem um impacto limitado sobre a sua qualidade. E, de resto, ela mantém-se hoje tão bem escrita, bem construída e divertida como em 1903.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário