quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Lido: Amor Vencido

Amor Vencido é um conto de Mário de Sá-Carneiro com particular interesse por ser o primeiro que se pode enquadrar no horror. Muito curto, com menos de uma página tal como os outros contos que abrem este livro, é um conto romântico que conta como um homem, noivo apaixonadíssimo de uma rapariga que é extraordinariamente parecida com a mãe, se vai ver confrontado com o inesperado quando a senhora morre. O horror, aqui, é apenas psicológico, sem nada de sobrenatural, mas está bem presente no desfecho da história, o qual não revelarei porque dele depende toda a eficácia do conto.

Não me parece que esta historinha seja muito boa. Ainda é demasiado faca e alguidar, ainda é prosa de um autor em busca de si mesmo. Mas aqui, creio, já começa a encontrar-se, o que eleva o conto acima de quase todos os que o antecederam.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário