sábado, 19 de dezembro de 2015

Lido: As Primas do Bruno Viola

As Primas do Bruno Viola, mais uma historinha de infância de Ondjaki, contam uma festa e um assédio misturados com atrações cruzadas e amores (se é que chega a tal coisa) platónicos. Uma historinha muito banal, porque banal é o que nela sucede e porque até a prosa, que em Ondjaki tem sempre uma qualidade quase dançante, parece perder aqui um pouco do seu habitual bailado. Esta é, pareceu-me, uma das mais fracas destas histórias.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário