quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Lido: Os Calções Verdes do Bruno

Os Calções Verdes do Bruno, mais uma historieta de juventude de Ondjaki e a mais curta de todas, com as suas duas breves páginas, é uma história de paixão, mais uma, desta feita não do próprio narrador-autor-protagonista, mas de um seu colega. Como é comum acontecer naquelas idades (e em qualquer outra, na verdade), as coisas não correm propriamente como planeado mas isso, para o caso, pouco importa. Esta é mais uma história doce e branda. Tépida. Que não chega, portanto, a aquecer. E esta é, provavelmente, a mais forte característica do conjunto.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário