domingo, 10 de janeiro de 2016

Lido: História da Carochinha

História da Carochinha é o primeiro dos contos populares recolhidos por Adolfo Coelho, o que só pode ser adequado visto também ser, provavelmente, o mais popular de todos os contos tradicionais do nosso país. Meio fábula, meio lengalenga, esta história, que foi popularizada nos tempos modernos pelas suas versões infantis, ganha aqui na versão original (ou pelo menos numa delas) um tom um pouco diferente. Foi precisamente isso o que mais me intrigou, e começo já a suspeitar que será isso o que maior interesse terá, para mim, ao longo da leitura deste livro. Nesta História da Carochinha há uma irreverência para com os poderosos, no caso o rei, e sobretudo um potencial para o horror que a generalidade das pessoas que conhece as versões limpas produzidas para miúdos não deverá conhecer por inteiro. É que não é só a queda do João Ratão no caldeirão; há mais.

Imagino que seja desnecessário falar da história propriamente dita, não é? Todos sabem o que acontece à Carochinha e aos seus pretendentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário