sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Lido: Piquenique

Piquenique é uma muito curiosa vinheta de ficção científica de Luiz Bras, protagonizada por um tal Ariel, que tem a particularidade de ser vítima de visitas mentais ocasionais por parte de entidades desconhecidas mas mais que provavelmente alienígenas. E não é o único, o que ocasionou alguma convulsão social, muito embora nem todas as pessoas sejam suscetíveis.

O conto descreve a forma como Ariel se defende dos visitantes, ou pesquisadores, ou o que sejam, e é tanto intrigante enquanto ficção de fundo ufológico, quanto divertido. Gostei bastante, sim senhor.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário